Home‎ > ‎Ortopraxia‎ > ‎

Um destino para as ofertas

Tudo o que é ligado aos deuses é sagrado. E o que é sagrado é separado daquilo que não é. Ter contato com coisas comuns, principalmente as causadoras de miasma, é uma forma de poluição. Para evitar isso, nos purificamos antes de iniciar um ritual, mesmo que seja apenas com o lavar as mãos na água lustral. Seguindo o mesmo princípio, jogar as ofertas direto no lixo também seria misturar o sagrado com o impuro. Então o que fazer?

O ideal é manter a oferta pela noite e só desfazer-se dela no dia seguinte, jogando as libações no chão e queimando as ofertas sólidas no fogo, ou mandando-as pela água corrente. Só que a maioria de nós mora em apartamento ou em uma casa sem esses recursos. 

Considerando esse fato, os helenos modernos têm várias soluções alternativas para isso:
  1. Usar as ofertas como composto orgânico para as plantas da casa/apartamento (muitos helenos contam como as plantas sagradas aos deuses crescem melhor assim, como a vinha de Dionísio, os jacintos de Apolo etc);
  2. Ter um recipiente com areia ou argila ou terra no altar para absorver as libações (depois, a cada mês, você limpa a areia sacudindo-a em um saco com água e sabão e a reutiliza no recipiente);
  3. Deixar os restos de ofertas debaixo de uma árvore (mesmo nas grandes cidades existem árvores);
  4. Pegar as comidas ofertadas e colocar num saco de lanches e deixá-lo em uma encruzilhada (para Hécate, Hermes ou Quem-vier) ou dá-lo a um sem-teto (praticando um pouco do princípio sagrado da 'xenia'/hospitalidade);
  5. Se não tiver outro jeito, verter as ofertas líquidas na pia sim, mas com respeito (e não como quem joga o resto da água fora no meio da pressa de sair pra trabalhar), e, no caso das ofertas sólidas, colocá-las em um saquinho fechado (como os de fechamento a vácuo) antes de jogá-lo no saco de lixo comum.
Quanto aos animais, tema que gerou discussão no grupo, por um lado eu concordo que não se deva DAR as ofertas para eles comerem, mas por outro eu acho que - se você coloca a oferta debaixo de uma árvore e um cão de rua vai comer - aquilo para mim é um enviado de Hécate demonstrando a aceitação dela.

No mais, siga seu coração. Se você fez tudo o que estava ao seu alcance e não obteve solução, o mais importante será a intenção do seu ato e a disposição em fazer isso direito. O que não pode é desleixar da separação dos hiera/sacra por pura preguiça...


(Alexandra Nikaios)
Comments