Home‎ > ‎

O que é?

Histórico do site: saímos do Geocities para o Google-Pages, de lá para o Forumeiros, e agora viemos para o Google-Sites. Manteremos este local para as informações principais e o fórum para arquivo de comentários, depoimentos, dúvidas, relatos, contato e troca de material.

PROPÓSITOS

O que pretendemos:

  • Reverência às deidades e mistérios gregos pré-cristãos.
  • Conexão com os ancestrais, honrando Héstia como a deusa do coração, do fogo e do lar. Dentro de um contexto moderno, isso significa um interesse pela famiília, no seu mais largo senso, seja ele relacionado ao sangue, ao espírito ou a laços de afinidade.
  • Um conexão com o passado helênico. Nós nos esforçamos para ser historicamente (e mitologicamente) acurados o máximo que as evidências permitem. Quando falhas na evidência ou na realidade da vida moderna acontecerem, faz-se necessário criar algo novo, que deve ser:
    • Tão consistente quanto possível com o que sabemos da grécia antiga e suas colônias desde acima do Mediterrâneo até o ponto do fim do Oráculo de Delfos na história; e
    • Claramente apresentado como uma inovação recente. Nós franzimos a testa quando vemos uma tentativa de anunciar algo moderno e inventado como se fosse algo antigo e histórico com finalidade de dar-lhe autoridade (e negociabilidade!) que não merece.
  • Um equilibrado acesso à compreensão da religião grega que se fia tanto na erudição quanto nas inspirações poéticas sem perder-se um do outro.
  • Inclusividade. Enquanto nós reconhecemos a importância de um componente ético na tradicional religião grega, nós procuramos reconstruir a cultura religiosa dos antigos, e não a sociedade deles. Portanto, nós não nos fiamos em genealogias ou geografias para determinar QUEM é um politeísta helênico. Assim como os Mistérios Eleusianos eram abertos a quem pudesse entender a linguagem grega, nós também somos abertos a todos que cultuam a tradição grega antiga nos dias de hoje.
  • Respeito aos homens e mulheres, independente de etinicidade, cor, credo, posição social, orientação sexual, ou habilidade física.
  • Um código moral inspirado pelas máximas délficas que enfatizam o seguinte: conhecer-te a ti mesmo, nada em excesso, e o respeito por si, pelos outros e pelos deuses.
O que NÃO pretendemos:
Como estamos interessados na precisão história, os ritos públicos dos helênicos não incluem:
  • Nenhuma das interpretações de filosofias herméticas e mágicas que emergiram durante a Renascença Européia (não as tradições por elas mesmas, mas suas interpretações da Renascença) e/ou seus modernos movimentos religiosos que desde então foram assim inspirados (tais como a Wicca, o neo-xamanismo etc).
  • Ecletismo (no sentido de algo oposto ao histórico sincretismo; combinando o helenismo antigo com outras tradições culturais que não foram combinadas historicamente).