Home‎ > ‎Hinário‎ > ‎

Ninfas

Hino Órfico 51, às Ninfas
Fumigação: Ervas Aromáticas

Ninfas, filhas do magnânimo Oceano,
com lares nos úmidos recessos da terra,
nutrizes de Baco, de ocultos percursos, terrestres e muito alegres:
Deusas dos prados, nutrizes de frutos, puras de oblíquos percursos,
que se alegram nos antros, nas grutas, errantes dos ares!
Vestidas de orvalho, deixam rastros sutis nas fontes, nos rios;
Visíveis e invisíveis as  ninfas multiflóreas dos promontórios,
bradando evoés no alto das montanhas com o lépido Pan,
e das rochas defluem com silvos sonoros, errantes das montanhas!
Rústicas donzelas das fontes e dos bosques;
virgens vistosas, de alvas vestes e suaves ventos,
com pastos, cabras - amigas das bestas! - e esplêndidos frutos,
tenras amigas do frio, fruticosas multinutrientes,
as divertidas e umentes donzelas hamadríades.
Nísias loucas, Peãs felizes na primavera,
com Baco e Deméter trazendo graça aos mortais!
Vinde aos auspiciosos ritos, com o coração grato,
vertendo fontes de fruticosas chuvas nas estações.

(Tradução de Rafael Brunhara)
Comments