Home‎ > ‎Hinário‎ > ‎

Museu

Hino Órfico a Museu [Musaious]

Aprende, Museu, um rito místico mui insigne;
uma prece ,sim, que é superior a todas! 
Zeus Rei, e Terra [Gaia] e puras chamas celestes
do Sol [Hélio], sacro esplendor da Lua [Mene] e estrelas todas, 
E tu, Poseidon, abraça-terra, de escuros cabelos, (5)
Perséfone e pura Deméter de frutos esplêndidos,
Ártemis sagitária, a donzela, e Febo flechador, 
tu, que habitas a sacra planície de Delfos. E tu que maiores
honras possuis entre os venturosos, Dioniso dançador;
Ares de violento ânimo, sagrado estrênuo Hefesto, (10)
Deusa nascida da espuma, que obteve dons ilustríssimos.
E tu, rei das profundezas, proeminente grande nume; 
Juventude [Hebe] e Ilítia e nobre estrênuo Héracles;
Grandes bens de Retidão [Dikaiosyne] e Piedade [Eusebie]
invoco; e as Ninfas ínclitas, e Pan majestoso, (15)
e Hera, de Zeus Egífero a esposa em flor:
Memória [Mnemosyne]amável e Musas evoco, puras, 
as nove, e as Graças [Cárites], as Horas, o Ano; 
Leto de belas tranças, divina insigne Dione, 
Curetes em armas, Coribantes e Cabiros, (20)
grandes salvadores, imperecível prole de Zeus;
os Deuses do Ida e o mensageiro dos Celestiais,
Hermes arauto; Têmis, arúspice de homens,
Noite [Nyx] reverenda eu chamo, e o lucífero Dia [Emar];
Lealdade[Pístis], Justiça [Dike] e Legisladora [Tesmodótira]íntegra; (25) 
Reia e Cronos e Tétis de escuro véu; 
O grande Oceano, com suas filhas Oceânides;
proeminente grande força de Atlas, e Éon; 
Tempo [Khronos] semprefluente e água esplêndida de Estige [Styx];
propícios Deuses, e em meio a eles, a boa Presciência [Pronoia]. (30)
O Nume sagrado e o Nume hostil aos mortais;
os Numes celestes, os aéreos e os aquáticos; 
os da terra, os subterrâneos e os que habitam o fogo; 
Ino Leucótea, Palaimon dador de fortuna; 
Vitória [Nike] de doce voz,soberana Adrasteia; (35)
grande rei Asclépio dador de curas; 
Palas que os prélios incita,e todos os Ventos sem exceção, 
ao Trovão [Brontes] e parte do quádruplo Cosmo dirijo-me, 
E à mãe dos imortais,à Áttis e Men eu invoco;
Deusa Celeste [Urânia], com o puro Adonis imortal; (40)
Princípio [Arkhé] e Fim [Péras] -- o que é mais importante para todos -- 
para virem benfazejos, com um grato coração
a este sagrado rito místico e libação insigne. 

(Tradução de Rafael Brunhara)
Comments