Home‎ > ‎Hinário‎ > ‎

Hefesto

Hino Órfico 65 (a Hefesto, com fumigação de olíbano e maná):
Forte, poderoso Hefesto, que traz a luz esplêndida, o fogo incessante, com chamas torrentes brilhando: o de mãos fortes, imortal, de arte divina, puro elemento, uma porção deste mundo é tua : artista que tudo domina, poder que a tudo se estende, é tua, supremo, toda substância a devorar : o éter, o sol, a lua e as estrelas, a luz pura e limpa, pois estas tuas partes lúcidas [de fogo] aos homens aparecem. A ti todas as habitações, cidades, tribos, pertencem, difundidas entre os corpos mortais, ricos e fortes. Ouça, poder abençoado, aos sagrados ritos se incline; e, todo propício no incenso, brilhe: suprima a ira do leito do fogo incessante, e ainda preserve nossa chama vital da natureza.

Hino Homérico XX - A Hefesto
Canto, Musas de voz clara, a Hefesto, famoso por suas invenções. Com a Atena de olho brilhante ele ensinou aos homes gloriosos presentes através do mundo, -- homens que antes costumavam habitar em cavernas nas montanhas como feras selvagens. Mas agora que eles aprenderam os artífices ofícios através de Hefesto, o famoso trabalhador, facilmente eles vivem uma vida pacífica em suas próprias casas durante o ano todo. Seja afável, Hefesto, e conceda-me sucesso e prosperidade!
(traduções da Alexandra)

Hino Homérico XX - A Hefesto
Hefesto de ínclito engenho canta, Musa de voz límpida,
que com Atena Glaucópída dons esplêndidos
aos homens ensinou sobre a terra, que antes mesmo
em antros montanhosos viviam como feras.
Hoje por Hefesto de ínclita arte obras aprenderam
e facilmente a vida até o fim do ano
livres de cuidado passam em seus lares.
Sê propício, Hefesto, dá-me virtude e felicidade!
(tradução de Rafael Brunhara)
Comments