Home‎ > ‎Festivais‎ > ‎

Dezembro-Dioniso

   Em dezembro nos preparamos para abraçar Dioniso e dedicar libação a esse deus libertário por essência. Dioniso, três vezes nascido, nos ensina sobre renascimento, força de superação, energia indestrutível, libertação, catarse. Uma grande oportunidade para nos despir das máscaras que não mais nos servem, das personas que estão fora do ritmo de nossos corações. Ele nos auxilia a manifestarmos nossa verve na vida, no mundo. A transpor os obstáculos, a superar nossos medos, a derrubar as ilusões . É hora de deixar seu coração pulsar verdadeiramente, livre!
   Como qualquer ritual, as preparações começam no dia anterior. Começamos a nos sintonizar com Dioniso em pensamentos, preparativos, separando os hinos, poemas que queremos dedicar, ofertas votivas, comidas, frutas, flores etc. Sendo Dioniso o deus do vinho, este é um item importante para esta libação. Mas, se não for possível, verta água, o essencial são as intenções sinceras de honra a Dioniso.  
  • No dia da libação, siga os preparativos habituais com purificação pessoal, do ambiente, do altar, e o acender a vela. (Veja na parte de Ortopraxia do site.)
  • Recite os hinos homéricos e órficos de sua preferência. Se desejar, recite suas próprias poesias a ele. Sugestão moderna: recite os poemas de Hilda Hilst para Dioniso ("Ode Descontínua e Remota para Flauta e Oboé - De Ariana para Dionísio" - 10 canções) ou cante-os (Playlist no Youtube).  
  • Diga “Amado Dioniso, selvagem, indomável, indestrutível, nascido da coxa de Zeus aceita hoje minhas ofertas, peço-te... [ex.: tua cura]” e disponha as ofertas votivas sobre o altar.
  • Faça as libações a Dioniso. Verta o vinho no receptáculo e diga “Khaire Dioniso Hygiates (Dispensador de Saúde)! Hoje te saúdo!” A cada epíteto verta mais um pouco de vinho. (Veja os epítetos na parte de Tabelas do site.)
  • Aproveite agora para abrir seu coração a Dioniso. Mãos abertas para o altar, diga "Dioniso, venho a ti honrar-te, peço que me ensine tua dança de cura/liberdade." De pé, ainda frente ao altar, olhos fechados, corpo solto, movimente-se e deixe-se levar por Dioniso. Deixe sua mente aberta a todas as sensações, imagens, emoções, enquanto entrega seu corpo à dança. Sinta-se livre!
  • Encerre o ritual agradecendo a Dioniso.
(por Dionaea Muscipula, com revisão da Alexandra)

Comments