Home‎ > ‎

Ética

CONCEITOS IMPORTANTES:
Agon - competição. A vida não é harmoniosa, mas cheia de conflito, mesmo entre os Deuses. Através do conflito, podemos aprender melhor sobre nós mesmos e fazer nosso caminho no mundo. Os gregos não acreditavam nem em "Não prejudique ninguém" nem em "Ame seus inimigos". Amigos são amados e ajudados - inimigos são combatidos.
Aidos - modéstia, propriedade e consciência social. Similar ao Sophrosune: auto-controle, prudência e discrição. Estas desejadas qualidades equilibram a crença em Agon.
Eusebia - piedade. Observância de rituais, diligência com os Deuses. A ênfase está na ação correta (ortopraxia) mais do que na crença correta (ortodoxia). O oposto é a Asebia (impiedade): falha em observar rituais ou levar um crédito pessoal demais pelos trabalhos dos Deuses. Então a Deisidaimonia (superstição, literalmente "medo dos Deuses") é o outro extremo negativo: rituais excessivos, uma aparente desconfiança ou super-dependência nos Deuses. Isso era considerado degradante para uma pessoa e aborrecedor para deuses.
Miasma - poluição. Adquirida por se engajar em atividades mortais ou entrar em contato com a morte, o que se pensava ser ofensivo aos Imortais (Deuses). Sexo, carnificina, doença, impureza física, ou contato com os mortos criava o miasma. Bacias de khernips, ou água lustral (criada ou misturando-a com sal ou com um ramo em chamas) eram mantidos na entrada dos templos para limpar as mãos e rostos das pessoas antes de entrar, ritualmente purificando-as do miasma.
Temenos - espaço sagrado. Literalmente "recortado", um espaço santificado contendo um altar, talvez um templo, na antiga Grécia normalmente cercado por um muro baixo ou outro marcador. O altar é geralmente baixo, um pilar retangular, que mantém um fogo para consumir as oferendas. Em casa, o fogo do piso da lareira é comumente usado como um altar.
Thusia - sacrifício. Sacramento e prática da religião. O sacrifício pode tomar a forma de:
# Ofertas Votivas - feitas em acordância com um voto aos Deuses.
# Libações - ofertas líquidas ou de bebidas, normalmente vinho, óleo, mel e leite
# Primeiros Frutos - primeiros produtos da colheita ou a primeira parte da refeição de alguém
# Sacrifício de Sangue - oferta de partes não-comestíveis de animais, o resto consumido pelos participantes do ritual. Esta é essencialmente uma refeição em comum compartilhada pelos Deuses e mortais.
Timé - glória, aclamação. Um objetivo de vida nobre ou esforçada. O orgulho é valorizado, ao menos que ele se cruze com a Hybris, que é um orgulho arrogante e destrutivo. Até mesmo a postura durante a prece reflete um orgulho saudável: a pessoa ficando de pé com os braços erguidos e as palmas viradas para o(s) Deus(es) a quem ela se dirige.
Xenia - Amizade convidativa, hospitalidade. O anfitrião e o hóspede/convidado são unidos por concordâncias especiais de amizade, proteção e reciprocidade. Tal relacionamento não é muito diferente do relacionamento entre um cultuador e um Deus.
(Compilado e escrito por Carolyn Hanson, 2004. Traduzido pela Alexandra.)

PRINCÍPIOS DE SÓLON:
01: Confie mais em um bom caráter do que em promessas.
02: Não fale falsamente.
03: Faça coisas boas.
04: Não seja precipitado em fazer amigos, mas não os abandone uma vez feitos.
05: Aprenda a obedecer antes de comandar.
06: Quando der conselho, não recomende o que é mais agradável e sim o que é mais útil.
07: Faça da razão o seu comandante supremo.
08: Não se associe com pessoas que fazem coisas ruins.
09: Honre os Deuses.
10: Tenha consideração por seus antepassados.

MÁXIMAS DÉLFICAS PRINCIPAIS
:
Conhece a ti mesmo.
Nada em excesso.
Ajude os amigos.
Controle sua raiva.
Afaste-se de atos injustos.
Reconheça coisas sagradas.
Continue aprendendo.
Louve a virtude.
Evite os inimigos.
Cultive os parentes.
Compadece-te dos suplicantes.
Efetue o seu limite.
Quando errar, se arrependa.
Considere o tempo.
Cultue o divino.
Aceite a velhice.

Para todas as Máximas Délficas (português e grego), além de uma explicação maior sobre elas: Máximas Délficas Completas.

Subpáginas (1): Máximas Délficas